LEIA TAMBÉM

HUGO NERVO – ZAGUEIRO – HURACÁN

Hugo Nervo

Hugo Martín Nervo é um promissor Zagueiro Argentino, atualmente joga no Huracán.

Nervo tem 24 anos e desde cedo se destaca no futebol argentino, sendo capitão da seleção do país no Mundial Sub 20 em 2011. O zagueiro era destaque das categorias de base do Arsenal de Sarandi e teve suas primeiras chances no profissional durante o primeiro semestre de 2009, atuando em 7 partidas como titular e já demonstrando suas principais qualidades: Velocidade, antecipação e bola área.

No segundo semestre não foi utilizado, o jovem com então 18 anos era preterido por nomes mais experientes como Matellán e Tula e suas constantes convocações para a seleções de base atrapalharam o processo de ingresso no time principal. Em 2010, no Torneio Final, Hugo Nervo assumiu a titularidade do Arsenal de Sarandi, atuando como Lateral Direito defensivo, aproveitando suas características de zagueiro, não avançava muito formando um linha de 3, ao lado de Tula e Peppino.

No segundo semestre de 2010, o zagueiro-lateral atuou em 17 partidas como titular, em boa parte delas como Zagueiro na boa campanha do Arsenal de Sarandi, que terminou em 3º lugar no Torneio Inicial. O sistema defensivo do Arsenal de Sarandi apresentava uma característica de versatilidade interessante, além de Hugo Nervo, o paraguaio Pablo Aguilar também atuava como zagueiro e lateral direito.

Em 2011 no Torneio Final, Hugo Nervo atuou em 16 partidas como titular, ora como lateral direito, ora como zagueiro, em um esquema 4-4-2 ou 3-5-2. O Arsenal não conseguiu repetir a mesma campanha do Torneio passado e acabou em 14º lugar, porém Nervo se destacou novamente pela velocidade e versatilidade, além de uma boa bola aérea defensiva.

2011 foi um ano importante para Nervo, o jogador a partir do segundo semestre teve seu auge na categoria de base da seleção argentina, chegando as quartas de final do mundial sub 20 e conseguindo a medalha de prata nos jogos  Pan-americanos como capitão da seleção argentina. Não só pelas seguidas convocações de Nervo, o Torneio Inicial de 2011 não foi bom para o Arsenal, o clube de Sarandi foi o 10º colocado na competição, Nervo participou de apenas 12 jogos, sendo utilizado muitas vezes como lateral direito.

Na Copa Sulamericana, o Arsenal foi eliminado nas quartas de final para o Universidad de Chile, campanha que garantiu o time argentino na próxima Libertadores. Ao final de 2011, Hugo Nervo estava claramente cumprindo o que se espera de uma promessa, o zagueiro havia feito boas partidas no clube e na seleção, ganhando confiança para a disputa da Libertadores de 2012.

A disputa da Libertadores não foi feliz para o Arsenal, o clube foi eliminado na primeira fase em um grupo que além dele, tinham Boca Juniors, Fluminense e Zamora. Com duas derrotas para Boca Juniors e Fluminense e duas vitórias contra o Zamora, o clube de Hugo Nervo somou 6 pontos não avançando para a próxima fase da competição.

A eliminação na Libertadores não poderia ter sido esquecida de melhor maneira, em paralelo a Libertadores, o Arsenal disputava o Torneio Final de 2012, quando foi eliminado na primeira fase da competição sulamericana, o clube argentino estava em 4º Lugar no Torneio Final. Sem duas competições ao mesmo tempo, o Arsenal se concentrou na competição nacional e ao final de 19 rodadas sagrou-se Campeão Argentino pela primeira vez na sua história. Hugo Nervo foi um dos destaques do título atuando como lateral direito. Nervo mostrou porque era considerado um dos melhores zagueiros jovens do futebol argentino.

O Torneio Inicial no segundo semestre de 2012 foi de ressaca para o Arsenal, sendo o campeão do Torneio Inicial e não disputando a Copa Sulamericana, o clube não encontrou motivação para uma melhor colocação do que a 8ª posição conseguida no Torneio.  Nervo foi titular em toda a campanha como lateral direito, neste torneio o zagueiro-lateral marcou seu primeiro gol com a camisa do Arsenal em um jogo contra o Argentinos Juniors.

A vaga para a Libertadores de 2013 foi conquistada graças ao título do Torneio Final de 2012, porém o resultado foi o mesmo do ano anterior, a eliminação na primeira fase da competição em um grupo que tinha São Paulo, Atlético Mineiro e The Strongest. O Torneio Final de 2013 também não teve o resultado esperado pelo Arsenal, a equipe terminou em 9º lugar.

No segundo semestre de 2013 o Arsenal conquistou seu segundo título em competições nacionais, dessa vez levantou a Copa Argentina, eliminando 6 adversários : Santamarina, Platense, Independiente, Godoy Cruz, All Boys e San Lorenzo. O título veio para salvar o ano de 2013, com uma campanha ruim no primeiro semestre e um 5º lugar no segundo semestre, ser Campeão da Copa Argentina serviu para reforçar a imagem do Arsenal como um clube vencedor. Hugo Nervo atuou todo o ano como Lateral Direito, de firme marcação, presença de área, velocidade e antecipação, o jogador contribuiu para o bom sistema defensivo da equipe ao lado de Braghieri, Etcheverría e Damián Pérez.

O Arsenal disputou sua 3ª Libertadores seguida em 2014 e conseguiu seu melhor resultado na história sendo eliminado nas quartas de final pelo Nacional do Paraguai. Nervo foi capitão em alguns jogos da campanha e marcou um gol. No segundo semestre Nervo definitivamente se fixou na posição de Zagueiro, atuou em todos os jogos nesta posição, participando da totalidade dos jogos da equipe no Torneio Inicio.

Nervo como zagueiro conseguia render mais do que como Lateral Direito, apesar de não ser um jogador muito alto (1,84). Hugo Nervo usou da sua velocidade e capacidade de antecipação para ser o comandante da zaga, mesmo com pouca idade, a eficiência do zagueiro de 23 anos chamava a atenção e sua liderança era representada pelo uso da braçadeira de capitão.

Não sabemos o porque do Arsenal ter liberado Hugo Nervo para procurar clube no final da temporada de 2014, talvez nem mesmo Nervo saiba as razões pelas quais o treinador Martin Palermo não tenha quisto mais contar com seus serviços. O fato é que o zagueiro de 24 anos estava livre para negociar com qualquer clube, esta teria sido a oportunidade ideal para um clube brasileiro contratar um zagueiro de grande qualidade. Foi noticiado que Nervo poderia ter acertado com o Atlético Paranaense, porém a negociação não evoluiu.

Entre os clubes argentinos, a disputa ficava entre Estudiante, Independiente e Huracan. O defensor atraído pela possibilidade de disputar sua 4ª libertadores seguida acertou com o Huracán, aonde poderia ter maior sequência de jogos do que no Estudiantes.

Em 2015, Nervo é titular absoluto da zaga do Huracán, tendo ao seu lado o experiente Eduardo Domínguez. O clube e o zagueiro vinha fazendo bom papel na Copa Libertadores, dependia de uma vitória simples sobre o já eliminado Mineros da Venezuela fora de casa para avançar as oitavas de final, porém a equipe foi argentina foi derrotada e não se classificou.

Nervo com certeza é um jogador de grande futuro, não é exagero dizer que a transferência do Arsenal para o Huracán foi apenas uma parada estratégica para vôos mais altos. Um zagueiro rápido, bom na disputa 1×1, com boa impulsão e que ainda pode atuar na lateral direita é o que todos os clubes buscam.

Autor: Giovani Dalla Valle

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: