LEIA TAMBÉM

LUCAS RAMON – LATERAL DIREITO – LONDRINA

035947000000_12042015

Hoje trazemos a análise de Lucas Ramon, lateral direito de 21 anos do Londrina.

A equipe  do norte do Paraná vem se destacando nos últimos anos, realizando boas campanhas no futebol profissional e na base. o time que leva o nome da cidade foi Campeão do Interior em 2013, Campeão Paranaense 2014 e chegou as semi-finais em 2015.

Pela Copa do Brasil, em 2014 eliminou o Criciúma na primeira fase, o Grêmio Barueri na segunda e foi eliminado pelo Santos no segundo jogo, após vencer o primeiro por 2×1 em Londrina. Em 2015, novamente o Santos cruzou o caminhou do time londrinense, duas derrotas por 1×0 eliminaram o Londrina da competição.

Ano passado o Londrina também conquistou o acesso à Série C do Campeonato Brasileiro, sendo eliminado nas semi-finais pelo Brasil de Pelotas. Percebe-se que o clube está em ascensão novamente e deve ser melhor observado.

Lucas Ramon é nascido em Montes Claros – MG, sua trajetória começou na própria cidade, até que chegou ao Londrina em 2011 por intermédio de um conterrâneo que jogava no clube. O lateral direito iniciou uma trajetória de destaque na base do Londrina, com boas participações na Copa BH de Juniores em 2013, em que a equipe do Londrina foi eliminada nas oitavas de final, sendo vice campeão paranaense sub 20 no mesmo ano e campeã em 2014. Lucas Ramon nunca disputou a Copa São Paulo de Juniores devido a uma briga politica entre o Londrina e a Federação Paranaense, que acabou não cedendo uma das 3 vagas destinadas ao futebol paranaense para o time do norte do estado.

A entrada de Lucas Ramon no time principal foi gradativa. Em 2013, o atleta foi relacionado para ficar no grupo de jogadores em duas oportunidades, contra o Metropolitano e Juventude pela Série D do Brasileiro, porém não entrou nas partidas. Em 2014 esperava-se que ele fosse bem aproveitado no Estadual, porém a direção e o treinador Claudio Tencati preferiram aguardar um pouco mais e Lucas Ramon foi relacionado apenas em um jogo, contra o Atlético-PR mas não entrou na partida.

O titular do Londrina na campanha do título do Campeonato Paranaense era Maicon Silva, que vinha jogando bem e sendo titular incontestável. Porém Lucas Ramon jogou como titular em 3 jogos da Copa do Brasil, contra o Criciúma, em Santa Catarina e contra o Santos em Londrina e na cidade de Santos.

Para a Série D do Campeonato Brasileiro, a direção do Londrina liberou Maicon Silva para o Criciúma e apostou todas as fichas em Lucas Ramon. A estréia não foi das melhores, o lateral direito fez uma partida ruim contra o Metropolitano, porém no restante da competição, Lucas Ramon se tornou peça chave para o Londrina ascender para a Série C do Campeonato Brasileiro, atuando em 14 partidas, todas como titular e marcando 2 gols, um contra o Boavista e outro contra o Brasil de Pelotas, ambos fora de casa.

A participação de Lucas Ramon na Série D serviu para confirmar o que a diretoria do Londrina esperava do atleta, demonstrando muita velocidade, interessantes projeções no campo ofensivo sempre procurando o fundo e uma qualidade técnica razoável, o lateral direito, antes uma aposta, havia se tornado uma realidade.

Lucas Ramon é um lateral ofensivo, porém não peca na marcação, o que nos chamou a atenção na parte defensiva do atleta é que ele usualmente faz a marcação no adversário pressionando-o na linha intermediaria. Essa característica também gera algumas situações em que Lucas Ramon se vê envolvido pelo meio campo adversário, porém com um bom suporte defensivo, a marcação alta acaba se tornando uma das armas do setor direito de defesa do Londrina. Outra característica defensiva importante é a capacidade que Lucas Ramon tem de realizar a cobertura, fechar espaços no meio da zaga e contribuir com a bola aérea defensiva do time do Londrina.

As características apresentadas na Série D de 2014 voltaram a aparecer no Campeonato Paranaense de 2015. O Londrina fez uma campanha razoável, chegando na semi-final, com Lucas Ramon sendo um dos destaques novamente. O Lateral Direito atuou em 13 jogos, todos como titular, não marcando nenhum gol, mas contribuindo para a construção de jogo pelo lado direito.

A velocidade e controle de bola chamam atenção no Lateral Direito, é um jogador que sabe muito bem se posicionar e tem visão de jogo para limpar uma jogada na defesa e sair jogando com tranquilidade, algumas vezes se desfaz da bola precipitadamente, porém não é usual. A transição defesa-ataque é feita com muita velocidade e através de condução de bola, procurando sempre o passe pelo meio para receber a devolução no fundo ou tentando uma jogada individual utilizando sua ótima aceleração.

Lucas Ramon não deixa de usar a perna esquerda para tentar cruzamentos ou passes, é um lateral objetivo, raramente vimos o jogador perder tempo ou cadenciar demais uma jogada. Sua intensidade é importante quando chega ao fundo. Com muita força e ímpeto, o lateral realiza cruzamentos qualificados, normalmente procurando o centro da área.

Podemos afirmar com certeza que Lucas Ramon se tornará um jogador importante em times médios ou grandes do futebol brasileiro, é um jovem talento, tem muita técnica e velocidade. Com 21 anos ele já possui qualidades que impressionam e o fazem destoar dos demais jogadores que participam da Série D e do Campeonato Paranaense. Sabemos que alguns clubes da Série A do Campeonato Brasileiro estão interessados no lateral, acreditamos que esse seja o destino do jogador do Londrina, que tem o passe vinculado ao empresário Joel Malucelli.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: