LEIA TAMBÉM

NILTINHO – MEIA ATACANTE – VOLTA REDONDA

48662_elenco_NILTINHO

O destaque de hoje é o meia-atacante Niltinho de 21 anos do Volta Redonda-RJ.

O Campeonato Carioca 2015, apesar de ter sido marcado por inúmeras reclamações de times grandes do estado, foi uma competição de razoável nível técnico e apresentou jogadores interessantes. Um desses jogadores é o jovem Niltinho, que foi  emprestado pelo São Caetano ao Volta Redonda para a disputa do Campeonato Carioca.

O jovem meia-atacante é lateral esquerdo de origem, começou a dar seus primeiros passos rumo ao futebol profissional com 13 anos na Portuguesa em 2006, depois passou pelo Pão de Açúcar e Nacional de São Paulo, aonde se profissionalizou com 16 anos em 2009. Porém foi no São Caetano em 2012, que recebeu suas primeiras chances de atuar, de fato na categoria profissional.

Niltinho começou o ano de 2012 disputando a Copa São Paulo de Juniores. Atuando como lateral esquerdo, Niltinho teve uma boa participação, levando o São Caetano pela primeira vez para a 2ª fase da competição, aonde o lateral esquerdo perdeu o pênalti que eliminou o time do ABC da competição. Sua habilidade com a bola, velocidade e liderança faziam Niltinho se destacar entre os jovens.

Sua boa participação na Copa São Paulo fez o São Caetano o inscrever no Campeonato Paulista daquele mesmo ano, porém não foi relacionado para nenhuma partida, mas teve com o treinador Márcio Araújo um bom aprendizado. Após o torneio profissional, Niltinho novamente disputou competições pela categoria de base, dessa vez teve uma boa participação no Campeonato Paulista Sub 20 daquele ano.

Com 19 anos, Niltinho ainda precisava amadurecer, segundo a diretoria do São Caetano e somente após a Copa São Paulo de Juniores de 2013 é que começou a receber chances no time principal. Não disputou o Campeonato Paulista mas no segundo semestre, o lateral esquerdo disputou a Copa Paulista juntamente com o grupo que não foi utilizado na Série B do Brasileiro, sendo relacionado em 13 jogos, atuando como titular em 5 jogos dos 6 em que entrou em campo.

A diretoria do São Caetano apostava muito em Niltinho e contribuiu muito para que o atleta completasse com tranquilidade todos os estágios de formação que um jogador necessita. Atuando na lateral esquerda, Niltinho as vezes era testado no meio de campo, a velocidade e controle de bola do atleta faziam a direção e o treinador Daniel Martine acreditarem que ele poderia ser mais útil atuando mais avançado.

O São Caetano foi rebaixado no Campeonato Brasileiro da Série B e já estava na Série A2 do Paulista. Enfrentando graves problemas financeiros e de gestão, o clube promoveu uma grande reformulação e alguns jogadores foram emprestados, é o caso de Niltinho que acertou sua saída para a União Barbarense para disputar a Série A2 do Campeonato Paulista.

O início de 2014 não foi bom para a União Barbarense, a equipe estava nas ultimas posições do Campeonato Paulista A2. Sob o comando do treinador Claudemir Peixoto, Niltinho havia demonstrado pouca capacidade de marcação atuando como Lateral Esquerdo, desse modo, antes de ser demitido pela campanha ruim, Claudemir fixou o lateral no meio de campo, ajudando Niltinho a melhorar sua performance.

Sob o comando do novo treinador Waguinho Dias, a União Barbarense melhorou na competição e conseguiu terminar em 12º lugar. Niltinho atuou em 15 jogos, 12 como titular, marcou 1 gol e mantendo uma regularidade, demonstrando muita velocidade, bom passe e bastante movimentação com e sem a bola.

Emprestado pelo São Caetano somente para a disputa do Paulista da Série A2, Niltinho regressou ao clube do ABC para a disputa da Série C do Campeonato Brasileiro. A campanha do clube foi um desastre e terminou com o rebaixamento para a Série D.

O São Caetano teve 3 treinadores na competição, iniciou com Wilson Taddei, que permaneceu por 6 jogos, não utilizando Niltinho em nenhuma partida, depois foi comandado por Paulo Roberto Santos, que permaneceu por 9 jogos e utilizou Niltinho em 4 deles, nenhum como titular da equipe. Com 3 rodadas de antecedência o São Caetano já estava rebaixado e Paulo Roberto pediu demissão, deixando o cargo para o treinador do Sub 20 Márcio Griggio, que utilizou Niltinho em 2 jogos, todos como titular da Lateral Esquerda no lugar do experiente lateral Renato Peixe,

As poucas atuações de Niltinho deixaram claro que ele não era Lateral Esquerdo. Apresentando pouca efetividade na marcação, o jovem não apresentou boas atuações, sendo até expulso em um dos 6 jogos em que atuou. Niltinho havia demonstrado na União Barbarense que poderia apresentar melhor rendimento atuando de meia-atacante, porém foi vitima da má fase do São Caetano, que não conseguiu identificar em qual função poderia melhor aproveitar o jovem de 21 anos.

Em dezembro de 2014, Niltinho acertou seu empréstimo para o Volta Redonda para disputar o Campeonato Carioca de 2015, o jovem foi anunciado como meia-atacante pelo presidente do clube e pelo treinador Marcelo Cabo. De fato, Niltinho atuou em 13 dos 15 jogos do Volta Redonda, em todos eles foi titular e meia-atacante da equipe.

A equipe do treinador Marcelo Cabo e depois do treinador Elson apresentava uma marcação forte e contra-ataques rápidos. Essas duas características tinham como base as atuações de Niltinho, que atuando aberto pelo lado direito, conseguia pressionar a saída de bola adversária, acompanhar os avanços do lateral e sair com muita velocidade quando o Volta Redonda recuperava a posse de bola.

É um jogador interessantíssimo e merece ser acompanhado, cumpre todos os requisitos para atuar como meia-atacante aberto pelas pontas, porém seu futebol não se restringe somente a isso. Percebemos nele uma capacidade grande de organizar o jogo, tem boa visão e normalmente circula entre o lado direito e a faixa central do campo, é comum ver o meia-atacante recuar para receber a bola e distribuir o jogo com tranquilidade.

Sua velocidade impressiona e não compromete a condução de bola, o jovem sabe controlar o ritmo das ações ofensivas. Em algumas situações em que recebeu marcação individual teve seu jogo comprometido, porém como citamos acima, aprendeu a recuar para receber a bola e puxar a marcação.

Niltinho é habilidoso com a perna esquerda e tem um controle de bola bom, seu porte físico não é avantajado , tem 1,75m e pesa 68kg. Acreditamos que o meia-atacante precisa se aproximar mais da área, porém é notório que a forma de jogar do Volta Redonda, principalmente contra os grandes clubes do campeonato, não propiciou que Niltinho tivesse um posicionamento tão próximo a grande área.

Mesmo sendo exigido que cumprisse funções defensivas, o meia-atacante conseguiu marcar 4 gols no Campeonato Carioca e ter atuações de grande destaque individual contra os grandes times do Rio de Janeiro. Seu passe pertence ao São Caetano e provavelmente não atuará mais com a camiseta do Volta Redonda.

Autor: Giovani Dalla Valle

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: