LEIA TAMBÉM

Por dentro do UNIFIC e do CIFUT

No último mês a Futebol Planejado esteve visitando dois clubes importantes do futebol brasileiro, Corinthians e Coritiba abriram suas portas e mostraram com detalhes como funciona uma parte importante de seus departamentos de futebol.  Estivemos em contato com os responsáveis e visitamos  o  CIFUT (Centro de Inteligência do Futebol do Corinthians) e UNIFIC (Unidade de Informação, Formação e Inovação do Coritiba) e saímos com a certeza de que são trabalhos bem coordenados e qualificados.

20150718_150737 (1)

Foto: Futebol Planejado

20150701_153156 (1)

Foto: Futebol Planejado

Os motivos pelos quais os clubes brasileiros estão estruturando processos de observações mais qualificados e abrangentes vêm das novas condições do mercado do futebol e do próprio jogo praticado atualmente. Historicamente, os grandes clubes brasileiros encontravam seus futuros jogadores em clubes pequenos do Brasil, hoje esses clubes vendem diretamente para mercados de fora do país, que buscam atletas cada vez mais jovens para esses conviverem em um ambiente de formação qualificado pelo maior tempo possível antes de ingressarem nos profissionais.

Essa subtração do papel do clube grande brasileiro como validador de um jogador para o mercado europeu faz com que os clubes necessitem melhorar seu processo de captação e observação de jogadores. Muitas vezes aquele jogador reserva de um clube ou aquele jovem que até então não despontou de forma sólida, pode ser útil para outro clube. Entretanto essa condição só será identificada se o atleta for observado de forma criteriosa.

O CIFUT do Corinthians foi extremamente importante para a montagem de elencos qualificados e sem altos custos que estiveram no clube nos últimos anos. Jogadores que até então não eram extremamente conhecidos foram contratados e se mostraram úteis nas recentes campanhas vitoriosas do Corinthians. Dentro do Centro de Inteligência do Futebol do Corinthians existem profissionais que se dedicam exclusivamente a observar possíveis reforços através de análises de vídeos de jogos completos de ligas do mundo todo. Na UNIFIC do Coritiba, coordenado pelo Augusto Moura de Oliveira, a premissa é a mesma, descobrir aquele jogador que se encaixe no perfil financeiro do clube e que traga excelentes retornos esportivos.

O CIFUT do Corinthians e a UNIFIC do Coritiba não se atém apenas a montagem de elencos através da observação de possíveis reforços. O trabalho realizado por esses dois centros também visa o melhor aproveitamento do elenco atual, através de observações dos treinamentos.

Todos os treinamentos do Corinthians são filmados e analisados posteriormente pela equipe do CIFUT, com o intuito de auxiliar a comissão técnica a tomar a melhor decisão referente ao time. Diante disso, torna-se necessário a proximidade da comissão técnica do clube com os profissionais de análise e é exatamente isso que presenciamos no Corinthians, principalmente através do auxiliar técnico Cléber Xavier.

20150701_161618 (1)

Foto: Futebol Planejado – Grua

A análise de adversários também é de responsabilidade do CIFUT do Corinthians e do UNIFIC do Coritiba. O futebol está cada vez mais competitivo e o jogo cada vez mais intenso, diante disso é importantíssimo que se conheça muito bem o adversário que se vai enfrentar. Normalmente são detalhes que definem o jogo, sejam detalhes técnicos de algum jogador ou táticos do time e com esse trabalho de observação existe uma minimização das chances de derrota.

Outro motivo pelo qual os clubes devem e estão investindo em departamentos de Inteligência é a falta de integração entre categoria de base e categoria profissional. Muito atletas de grande potencial foram e estão sendo conduzidos aos profissionais de maneira precipitada e sem atenção devida. Diante desse quadro, a Unidade de Informação, Formação e Inovação do Coritiba visa preparar melhor a transição do jovem da base para o quadro profissional, tornando as duas categorias integradas. O jovem jogador do Coritiba é monitorado pelo UNIFIC desde a categoria Sub-11 e passa por avaliações sistemáticas com profissionais de todas as outras categorias do clube. Dessa forma é criado um ambiente de proximidade que faz com que o jovem, ao chegar na categoria profissional, seja extremamente conhecido por todos os profissionais do clube e se veja como parte integrante de um processo e não como um estranho no ninho.

20150718_150547 (1)

É inegável que ainda estamos aquém em relação a departamentos de observações existentes em clubes europeus, porém existem bons trabalhos sendo realizados no Brasil e dando resultados. Corinthians e Coritiba merecem cumprimentos pelo CIFUT e UNIFIC respectivamente, dois centros de observação e inteligência de alto nível e que devem servir de referências para outros clubes brasileiros.

Agradecemos a disponibilidade dos clubes, através de Cleber Xavier e Renato Rodrigues (Corinthians), Pierre Boulos e Augusto Moura de Oliveira (Coritiba), em nos receber e trocarem informações com a Futebol Planejado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: