LEIA TAMBÉM

Como o Dínamo de Zagreb tem uma das Melhores Categorias de Base do Mundo

Os clubes europeus estão em posição mais avançada do que o restante do mundo quando o assunto é prospecção, detecção e formação de talentos. Essa condição não é restrita aos grandes clubes do continente, clubes médios e pequenos também apresentam processos de formação de altíssima qualidade.

Para exemplificar as boas condições para formação de atletas na Europa, trazemos o exemplo do Dínamo de Zagreb da Croácia, clube que, de acordo com a Associação dos Clubes Europeus é uma referência nesse quesito. Se valendo de um ótimo processo de prospecção e seleção de atletas, o Dínamo consegue captar jogadores jovens de extrema qualidade, formá-los adequadamente, utilizá-los na equipe principal com papel de preponderância e posteriormente vendê-los para alavancar o clube financeiramente.

Essa fórmula garantiu ao Dínamo 10 campeonatos nacionais seguidos e mais de 110 milhões de euros no caixa por transferências de jogadores com até 24 anos nos últimos 15 anos. O objetivo principal do trabalho das categorias de a base do Dínamo de Zagreb é permitir que no mínimo dois atletas por faixa etária terminem seus processos de formação na equipe profissional do clube. É um objetivo relativamente simples mas que exige uma estrutura adequada, conforme mostraremos a seguir.

O clube conta com um centro de treinamento de 36.000 metros quadrados, aonde existem 6 campos para uso das categorias de base, 4 deles de grama natural e 2 de grama artificial. A estrutura da categoria de base fica próxima às instalações da equipe principal, o que garante uma integração entre os profissionais envolvidos no trabalho.

Além dos campos, existe uma área para recuperação física que contempla uma moderna academia e uma piscina disponíveis de acordo com as exigências das categorias sub-8 até sub-19. Para fazer parte das categorias de base do Dínamo de Zagreb, o jovem pode se inscrever para participar das diversas avaliações realizadas pelo clube ou ser recrutado por um dos 5 olheiros que trabalham em Zagreb e no Norte da Croácia ou por um dos 4 que cobrem a Bósnia e Herzegovina, Austrália, Canadá e Estados Unidos, 4 países com muitos imigrantes croatas.

Os 9 olheiros que trabalham para o Dínamo de Zagreb fazem suas avaliações de acordo com parâmetros estabelecidos pelo clube. As características principais buscadas são habilidade, mais precisamente agilidade, personalidade e técnica, mais precisamente controle de bola. Em primeiro lugar é buscado um perfil de jogador técnico, para que somente aos 13 anos de idade se inicie os trabalhos táticos sempre baseados no esquema 4-4-2 ou 4-2-3-1.

Os treinadores das diversas categorias não exercem poder ilimitado, todos obedecem a filosofia do clube e montam seus programas de treinamento com apoio da direção da respectiva categoria. Para ser um dos 21 treinadores que trabalham no Dínamo de Zagreb é necessário ter um alto nível de inteligência, ser emocionalmente estável e ter habilidade em transmitir conhecimentos, não é necessário ter sido um ex jogador de futebol.

A metodologia de treinamento deve respeitar os parâmetros para cada idade definidos pelo clube. Para os jovens entre 8 e 11 anos, os treinos devem ser baseados em elementos que visem aprimorar a técnica e o controle de bola, sempre enfatizando a questão recreacional do esporte e o aprendizado livre,  mesmo para os jovens que já estejam na equipe de competição. Cada equipe de competição é composta por 12 jogadores, muitas vezes recrutados de outros clubes de Zagreb, foco principal do Dínamo para essas faixas etárias, e já lhe são passados fundamentos táticos teóricos através de conversas para que possam manter suas posições dentro do campo.

Entre os 12 e 16 anos, os jovens são incentivados a trabalhar a velocidade com a bola e as combinações de passes. O calendário croata não é muito extenso nessa categoria, por isso o clube organiza partidas amistosas e torneios com participação de equipes internacionais para manter seus jovens em ritmo de competição. Durante as partidas são intensamente cobrados aspectos e princípios da marcação por zona, “pressing” e transições rápidas, a meta é executar movimentos e jogadas com a maior velocidade possível e com poucos toques na bola, além de ter rígida obediência tática.

download

A partir da categoria Sub-15, os jovens recebem algumas responsabilidades e devem cumprir certas normas: possuem apenas dois dias de folga por mês e devem seguir a dieta nutricional estabelecida pelo clube. Os jogadores que moram nas instalações do clube são visitados pelos pais sem restrições de dias, para que o jovem mantenha o vínculo e os valores familiares.

As categorias Sub-17 e Sub-19 são tratadas pelo clube como categorias estratégicas e já recebem a atenção da equipe profissional. Existe um intercambio de categorias, aonde os mais velhos da Sub-17 participam das atividades com a Sub-19 e muitas vezes já são incorporados definitivamente no plantel, devido a isso, o número de jogadores é de 26 em cada categoria.

Nessa faixa etária é que os jovens atletas do Dínamo entra em contato com a equipe profissional, normalmente participam de pelo menos uma atividade semanal com a equipe profissional e recebem as mesmas condições dos jogadores da equipe adulta, referente a individualização de aspectos físicos, fisioterápicos, técnicos e táticos de acordo com a posição que atuam. O processo de transição do jovem da categoria de base para a equipe principal é muito bem cuidado pelo clube, muitos jogadores passam ainda por outro estágio na formação sendo emprestados para o NK Lokomotiva, clube que também joga na Primeira Liga da Croácia e é afiliado ao Dinamo.

Dinamo2

Um dado que valida e mostra como o trabalho realizado no Dínamo de Zagreb é bem feito é a porcentagem de jogadores que fazem todo o processo de formação no clube. 13% dos jovens que jogaram no Sub-8 atingiram a categoria Sub-19 e 34% dos que jogaram na Sub-11 também chegaram lá. A Seleção Nacional também aproveita o bom desenvolvimento de jogadores do Dínamo, 10 jogadores dos 24 normalmente convocados foram formados no clube, 09 jogadores da Seleção Sub-21 são formados no Dínamo e 15 dos 19 jogadores da Seleção Sub-17 17 são jogadores do clube de Zagreb.

Os resultados desse bom trabalho realizado pelo Dínamo de Zagreb são impressionantes em todas as ordens. Financeiramente o clube arrecadou 110 milhões com vendas de jogadores formados no clube nos últimos 15 anos, tendo um custo de aproximadamente 20 milhões de euros para a operacionalização da estrutura de base, é o maior vencedor de competições Sub-17 e Sub-19 da Croácia na última década, 13 dos 26 jogadores do plantel atual são formados no clube que atualmente é o decacampeão nacional.

Não existe fórmula mágica para formar bons jogadores e está provado que só captar talentos precoces não garante que um clube forme bons jogadores para o futuro. O Dínamo de Zagreb pode ensinar muito aos gestores das categorias de base dos clubes brasileiros.

download (1)

 Autor: Giovani Dalla Valle

3 comentários em Como o Dínamo de Zagreb tem uma das Melhores Categorias de Base do Mundo

  1. Não basta descobrir talentos é preciso investir nos mesmos, nos profissionais que trabalham para a sua formação e na infraestrutura física e emocional.

    Curtir

  2. Olaa tenho 21 anos sera qui teria como fazer algum tipo de teste ainda nas categorias de base?

    Curtir

  3. Muito bom isso prova que o Brasil esta longe desta realidade.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: