LEIA TAMBÉM

O que a Seleção Brasileira apresentou diante da Argentina e Perú.

Porque tanta diferença de um jogo para o outro? As ações e atitudes da seleção brasileira foram completamente distintas nas duas partidas. Tudo bem, está se começando um processo para que o Brasil adquira um modelo próprio de jogo, mas o Brasil pareceu ser equipes diferentes e não evoluídas de um jogo para o outro.

Na primeira partida o Brasil jogou no 4-2-3-1, com Elias, Luiz Gustavo e Lucas Lima. Na partida contra o Peru, houve uma alteração tática e também de jogadores, Brasil se posicionou no 4-1-4-1 com Luiz Gustavo na frente da zaga, Elias e Renato Augusto mais centralizados.

Uma mudança muita clara de uma partida para outra foi a disposição tanto de Elias quanto de Luiz Gustavo, a movimentação e a procura pela bola foi praticamente ausente na partida contra a Argentina, o que complicou muito para que o Brasil saísse do seu campo de defesa e chegasse ao campo ofensivo, além de facilitar a roubada de bola do time adversário que criava chances de concluir a gol.

Argentina não venceu a partida “porque não quis”! Teve enormes condições de vencer a partida, mas não soube aproveitar as oportunidades e a enorme fragilidade da seleção brasileira. Fragilidade essa para sair com a bola do campo ofensivo e também na marcação, que inúmeras vezes estavam erradas e vulneráveis. Talvez eles não estivessem esperando um Brasil tão despreparado. Devido a seus desfalques respeitaram demais a nossa seleção. Mas ai vem um erro do técnico argentino, não soube “ler” o jogo e garantir uma vitória para sua equipe.brasil 1

Quem é opção de passe para David Luiz?? Luiz Gustavo marcado e correndo na direção do adversário, Elias mal posicionado e também marcado, ainda assim poderia receber o passe, mas estaria imediatamente marcado e pressionado e Lucas Lima que ao invés de criar linha de passe com o portador da bola esta “fugindo”.

Brasil 2Brasil 3

Nesse caso Neymar é obrigado a jogar para trás e a seleção não consegue progredir no campo. Jogadores estão estáticos e muito mal posicionados. Assim fica difícil né?

Brasil 4

Lembra quando citei a indisposição dos jogadores? Pois então, Elias não esta nenhum pouco interessado em receber a bola mesmo sem marcação alguma.

Brasil 5

Apenas Willian se movimenta para ser opção de passe, o posicionamento e a indisposição, o comprometimento de Elias, Luiz Gustavo e Lucas Lima nesse lance é assustadora, nenhum dos três nem se quer estão se movimentando para poder receber a bola, estão assistindo a partida.

Brasil 6

Brasil sai jogando no tiro de meta, mas depois do passe do goleiro quem irá receber a bola? Com o mau posicionamento, principalmente de Daniel Alves, e a falta de movimentação, Miranda é forçado a dar o chutão e tentar uma bola longa, sem fazer grande esforço, praticamente sem nem correr Argentina recupera a posse de bola.

Brasil 7

Brasil 8

Sistema defensivo do Brasil.

Argentina só não teve maior posse de bola que o Brasil pelo fato de que a todo o momento ia ao ataque e finalizava, o Brasil ficava tocando bola no campo defensivo e quando Argentina pressionava um pouco logo recuperava a posse.

Brasil 9

Linhas muito distantes entre si e um enorme “buraco” na defesa brasileira. Assim fica fácil de atacar e finalizar no gol do Brasil.

Brasil 10

Exemplo da vulnerabilidade que havia citado anteriormente: Três jogadores marcando de forma equivocada. Portador da bola tem mais de uma opção de passe e se acertar o passe será um risco para o Brasil.

A partida contra o Peru teve uma grande diferença no comportamento/atitude e posicionamento dos atletas e a atuação brasileira foi muito melhor.

A seleção peruana teve um comportamento e um posicionamento defensivo diferente da Argentina, além de possuir um nível técnico inferior, mas a grande diferença que fez com que o Brasil conseguisse construir seus ataques foi o fato de que Renato Augusto se apresentou a todo o momento para seus companheiros criando linha de passe, recebendo a bola e levando o Brasil ao campo ofensivo com toque de bola, quando não recebia, mexia a defesa adversária e libera espaços para infiltrações de seus companheiros. Esses dois aspectos possibilitaram ao Brasil chegar mais vezes ao ataque, principalmente se comparado com o jogo da Argentina.

Brasil 11 Brasil 12

Brasil 12

Com essas ações de Renato Augusto, criou-se possibilidade para que o Brasil saísse do campo de defesa ao campo de ataque com troca de passes e chegasse com qualidade ao gol adversário.

Brasil 13

Brasil 14

É notada uma significativa diferença entre a quantidade de passes do Renato Augusto e do Lucas Lima, esse foi o grande diferencial de uma partida para outra. Mas ai vem a pergunta, por que isso aconteceu? Primeiramente poderia se pensar que o motivo são os jogadores em si, mas é impossível dizer que Lucas Lima não sabe fazer o que Renato Augusto fez, visto que ele executa muito bem essa função no Santos. Ele se apresenta a todo momento para seus companheiros, leva seu time ao ataque e faz grandes enfiadas de bola para os pontas e seus atacantes.

Portanto o motivo mais provável seria o treinador. Teria sido uma ordem tática dada ao Lucas Lima? “Deixe que Elias e Luiz Gustavo organize o jogo, não venha receber bolas atras.” Pode ser.

Esperamos que a mudança que houve na equipe brasileira não tenha sido somente devido ao adversário e sim porque se diagnosticou um problema e o Dunga conseguiu corrigi-lo de uma partida para outra. Esperamos ver também uma seleção que jogue bem os dois jogos, e não uma péssima primeira partida e um bom desempenho na segunda partida. Foi assim contra Chile e Venezuela e se repetiu contra Argentina e Peru.

Vinicius Rodrigues Castellassi.

Analista de desempenho, especialista em Identificação e Desenvolvimento do Talento nas Categorias de Base pelo Programa de Qualificação de Profissionais da CBF.

 

2 comentários em O que a Seleção Brasileira apresentou diante da Argentina e Perú.

  1. Edevaldo Leandro Rodrigues // 25 de novembro de 2015 às 23:45 // Responder

    Muito boa análise concordo plenamente

    Curtir

  2. Muito bem analisado.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: