LEIA TAMBÉM

LÉO BONATINI – ATACANTE – ESTORIL

Hoje trazemos a análise do atacante brasileiro Léo Bonatini, nascido em 1994, jogador do Estoril de Portugal.

download (1)

Léo é formado nas categorias de base do Cruzeiro, porém não atuou pelo clube em nenhum jogo oficial profissionalmente. Em 2012 foi emprestado a Juventus da Itália e também só atuou pelas equipes de base, permanecendo até o final da temporada 2012/2013.  Em outubro de 2013 foi novamente emprestado, dessa vez para o Goiás, por quem estreou profissionalmente, permanecendo no clube até outubro de 2014, quando retornou ao Cruzeiro. Em janeiro de 2015, Bonatini foi emprestado ao Estoril, clube pelo qual já atuou em 37 partidas e marcou 16 gols, tendo seu vínculo adquirido em definitivo junto ao Cruzeiro.

Bonatini - Posicionamento

Trata-se de um atacante destro que atua centralizado na última linha do time em diversos tipos de esquemas. Observamos Léo atuar também na penúltima linha do time em esquemas 4-2-1-3, -4-1-4-1 ou 4-2-3-1, sempre em posição central.

Bonatini é um jogador que, apesar de ter um porte físico avantajado (1,85m), apresenta uma movimentação interessante, principalmente ocupando posições pelos lados do campo. Não se trata se de um atacante que tenha capacidades de atuar pelo lado, porém sabe participar das jogadas que se desenrolam pelo setor, sempre mirando a centralização das ações no último terço do campo.

Bonatini - Mapa de Calor

Mapa de Calor ————->

Na fase ofensiva costuma dar 1 ou 2 toques na bola e apresenta bom passe organizacional e razoável visão de profundidade, tendo 80% e 30% de acertos nesses quesitos respectivamente. Em jogos que atua na penúltima linha do time, é comum vê-lo recuar ao 2º terço para participar da construção das jogadas ofensivas.

Bonatini - Construção Recuado

Fase Ofensiva – Posição Recuada

Quando atua na última linha do time, participa da fase ofensiva com menos intensidade. Normalmente costuma ocupar a posição central do último terço do campo e se aguardar o momento oportuno de receber a bola. Ao recebe-la, Léo Bonatini é objetivo e demonstra ser inteligente, costumando executar passes e não forçar o enfrentamento 1×1.

Bonatini também é utilizado como alvo da 1ª bola. Aproveitando-se de sua boa estatura, consegue disputar a bola pelo alto, forçando a aproximação da marcação e abrindo espaços para os companheiros. Em posição de finalização, o atacante do Estoril apresenta um bom remate de curta distância com ambas as pernas e de média distância com a perna direita. Dos 16 gols marcados jogando pelo Estoril, apenas 03 foram de cobranças de pênaltis e 11 foram decisivos, ou seja, aqueles que deram a vantagem ou a igualdade ao placar da partida, esse dado é interessante para perceber como o definidor reage a momentos importantes do jogo.

Bonatini - Fase Ofensiva

Fase Ofensiva – Posição Último Terço

Na fase defensiva, Bonatini participa de forma interessante. É um jogador que costuma ser o 1º marcador a pressionar a defesa adversária e acompanha o desenvolvimento das ações, juntando-se a linha defensiva pelo lado ou pelo centro.

Bonatini - Fase defe

Fase Defensiva

Léo Bonatini é um jogador que possui ferramentas interessantes para um atacante e pode ainda evoluir muito na carreira. Já possui alguma experiência e parece que pode definitivamente ter uma sequência de atuações importantes, exatamente o que se esperava dele no Cruzeiro e na Seleção Brasileira Sub-17.

Autor: Giovani Dalla Valle

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: